INSS: benefícios acima do salário mínimo têm reajuste de 5,45%; teto sobe para R$ 6.433
Blog do Rogério Silva - Notícias em tempo real

INSS: benefícios acima do salário mínimo têm reajuste de 5,45%; teto sobe para R$ 6.433

Os segurados da Previdência que recebem acima de um salário mínimo terão reajuste de 5,45% neste ano. O aumento corresponde ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), cujos dados de 2020 foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Com o aumento o teto dos benefícios pagos pelo INSS passa de R$ 6.101,06 para R$ 6.433,57. O reajuste vale desde 1º de janeiro de 2021.

Para beneficiários que recebem o valor de um salário mínimo, o aumento será de 5,26%. A quantia segue o reajuste do salário mínimo, que passou de R$ 1.045 para R$ 1.100 neste ano.

Os novos valores já serão pagos na folha de janeiro, quitada entre 25 de janeiro e 5 de fevereiro. As datas de pagamento variam de acordo com o valor a ser recebido e o número final do benefício, sem considerar o dígito.

Categoria: Notícias