Gás de cozinha sobe mais que o dobro da inflação e encerra 2020 com alta de 9,24%
Blog do Rogério Silva - Notícias em tempo real

Gás de cozinha sobe mais que o dobro da inflação e encerra 2020 com alta de 9,24%

O gás liquefeito de petróleo (GLP), popularmente conhecido como gás de cozinha encerrou 2020 com alta de 9,24%,de acordo com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O percentual representa mais que o dobro da inflação de 4,52% registrada no ano.

O aumento do gás de cozinha impacta principalmente as famílias mais pobres, já que o gás encanado – usado pelas famílias de maior renda – ficou 1,29% mais barato no período. O gás veicular fechou 2020 com alta de 1,66%.

Atualmente, o preço do botijão de 13 quilogramas (kg) custa entre R$ 59,99 e R$ 105, com preço médio de R$ 75,04. No início da pandemia de Covid-19, o preço médio estava em R$ 69.

De acordo com os pesquisadores, a variação do preço do gás de cozinha se dá pelo preço do dólar e pela cotação internacional do petróleo, mas a queda no consumo das famílias também contribuiu com o aumento.

Categoria: Notícias